Sobre Valores



Quanto vale seu trabalho? ⠀

Escrever por hobby tem um preço diferente de escrever profissionalmente? Algo é unânime na minha vida, nada é pago com amor que não seja a dedicação com os filhos. O resto, tudo precisa de um equilíbrio entre dar e receber.⠀
Conheço pessoas que se motivam na escrita por uma satisfação individual que se paga pela obra concluída. Mas, no momento que ela é compartilhada com o mundo, uma expectativa é criada, seja pela leitura, pelos comentários ou pela compra.⠀
Escrever com amor não me impede de pensar de forma comercial. Escrever com o coração não me impede de usar um marketing de oportunismo. Escrever para pagar as contas não me impede de derramar minha alma na história. Faço tudo com muito respeito e humildade pelo tema abordado na obra, pelas pessoas trabalham comigo e todas que leem. ⠀
O processo é o mesmo quando escrevemos por hobby ou profissão. O que muda são os resultados, o tempo dedicado, os estudos e os pensamentos. Se você falta ao trabalho, um dia é descontado do seu salário, certo? Escrever por profissão, para mim, é a mesma coisa.⠀
Assumo que tenho muitas histórias para serem contadas, que escrevo rápido e que estudo um pouco todos os dias. Sendo assim, por que não cobrar pelo meu trabalho? Por que não investir no trabalho das pessoas que estão ao meu redor? ⠀
Livro é produto, a revisão e a divulgação nas redes sociais são serviços, todos feitos COM amor e não DE amor. ⠀
Gratidão a todos pela oportunidade de transformar o hobby em profissão.⠀
EQUILÍBRIO ENTRE DAR E RECEBER

Autora Mari Sales

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Novidades